Conheça a rede de Polos de Emprego clicando AQUI

Sessões de Divulgação para Jovens

Câmara Municipal da Ribeira Brava

Sessões de Acompanhamento para Jovens

Casa do Povo de Santa Cruz

Parceria com o Instituto de Emprego da Madeira

Direção Regional de Juventude e Desporto

Workshop de Empregabilidade

Centro de Cultura e Recreio Pontassolense

Técnicas de Procura de Emprego

Junta de Freguesia do Monte

Sessões de Informação

Associação de Amigos das Pessoas com Necessidades Especiais da Madeira

Técnicas de Procura de Emprego

Casa do Povo de São Roque

Sessão de Técnicas de Procura Ativa de Emprego

Investimentos Habitacionais da Madeira - Funchal

Sessão de Técnicas de Procura de Emprego

Direção Regional para a Administração Pública do Porto Santo

Sessão de Divulgação

ISAL - Funchal

Sessões de Técnicas de Procura Ativa de Emprego

Câmara Municipal de São Vicente

Técnicas de Procura de Emprego

Casa do Povo do Campanário - Ribeira Brava

Atendimento Personalizado

Sindicato de Hotelaria - Funchal

Técnicas de Procura de Emprego

Sociohabitafunchal, EM

Técnicas de Procura de Emprego

Casa do Povo da Calheta

"Procurar emprego depois dos 40"

Casa do Povo da Camacha

Sessões de Grupo

Centro de Porta Amiga do Funchal

Sessões coletivas de informação

Casa do Povo do Caniçal

Técnicas de Procura de Emprego

Escola B+S Gonçalves Zarco - Funchal

Sessão de Esclarecimento

APEL - Funchal

Exposições

Associação Santana Cidade Solidária

Sessões coletivas

Casa do Povo do Estreito de Câmara de Lobos


INFORMAMOS OS UTILIZADORES DO EMPREG@R QUE, A PARTIR DE FEVEREIRO DE 2016, PARA ACEDER AO PORTAL DEVERÃO CONTACTAR O POLO DE EMPREGO ONDE SE ENCONTRAM REGISTADOS. Os nossos contactos clicando AQUI.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

CURSO DE CUIDADOR FAMILIAR E DE ASSISTÊNCIA À COMUNIDADE


Este curso de formação profissional tem tido crescente procura por ativos empregados ou desempregados, que pretendem desenvolver competências básicas e profissionais na área do trabalho social e orientação.
A formação irá capacitar a realização de tarefas, assistindo e executando apoio ao funcionamento das diferentes unidades e serviços de saúde públicos ou privados, Centros de Saúde, lares, residências ou instituições de acolhimento de idosos ou de crianças, instituições de tratamento e/ou acolhimento de populações especiais, entidades públicas e privadas de Serviço de Apoio Domiciliário para os Cuidados Continuados Integrados.

O curso profissional, da área do Trabalho Social e Orientação, tem carga horária de 123 horas com a possibilidade de realização de estágio de 210 horas.
  • Início previsto: 16 de janeiro de 2017
  • Dias e horas: 2ª e 5ª feiras 
  • Horas de formação: 10h00 às 13h00.
  • Locais de formação: FUNCHAL - Rua Dr. Fernão de Ornelas, n.º 50. (sede, local de formação e inscrição).
MAIS INFORMAÇÕES:
  • Telefone e Fax.: 291 610 216 
  • Telemóvel: 91 69 73 405 
  • E-mail: info@qualificar-fp.pt
  • Morada: Rua Dr. Fernão de Ornelas, n.º 50 - 9050-02 Funchal
Ficha de Inscrição*
Boletim de Informação

*ficha não equivale a uma matrícula, é apenas uma manifestação de interesse em frequentar a nossa formação e/ou obter mais informações detalhadas sobre a mesma.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

'QUALIFICAR PARA A ESTIVA' ARRANCA PARA UMA CENTENAS DE PESCADORES


‘Qualificar para a Estiva’, assim se designa o projecto formativo esta tarde apresentado no Caniçal, destinado sobretudo aos pescadores dos atuneiros, que todos os anos nesta época ‘permanecem em terra’. Aproveitando a pausa desta actividade sazonal, o Governo quer dotar estes profissionais “com mais competências para melhor poderem integrar o mercado do trabalho”, sustentou a secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, Rubina Leal, à margem da cerimónia de apresentação, perante dezenas destes ‘homens do mar’.

Dar mais e melhores competências a estes pescadores da faina do atum, actualmente em inactividade, é o grande objectivo deste projecto que visa a implementação de um programa de intervenções diversas, por forma a facultar soluções formativas que sejam importantes e necessárias a estes profissionais em prol de um melhor desempenho na sua actividade piscatória.

Porque aos profissionais embarcados em operações de ‘estiva’ é obrigatória a detenção de ‘célula de inscrição marítima’, cuja obtenção nas diversas categorias implicam uma formação entre 100 a 400 horas, com custos elevados para os formandos, o Governo decidiu, através do Instituto de Emprego, investir “cerca de 120 mil euros nesta 1ª fase”, de modo a proporcionar a estes pescadores sazonais oriundos de embarcações que descarregam o seu pescado em lotas da Região, a possibilidade de “requalificar as suas competências” sem qualquer custo para os formandos.

No arranque desta 1ª fase do projecto previsto realizar-se no Inverno e ter a duração de dois anos, Rubina Leal assumiu que o objectivo é chegar a um universo de três centenas de pescadores ‘do atum’ nas diversas categorias profissionais. Daí o facto de esta formação decorrer no Caniçal, devendo também chegar a Machico, apontou a governante. Que se fez acompanhar, entre outros, de Rita Andrade, do Instituto do Emprego da Madeira, e de Carlos Pereira, responsável pela instituição formadora, o IPTL – Instituto Profissional de Transportes e Logística da Madeira.

Os pescadores inscritos nesta 1ª fase têm à sua espera “mais de 400 horas” de formação vão “em várias áreas”, todas relacionadas com actividades profissionais ligadas ao mar.

Uma aposta para dotar estes pescadores de maior conhecimento e consequentemente “aumentar as suas competências profissionais” proporcionando-lhes “melhor certificação”, concluiu a secretária.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS

PROGRAMA EURODISSEIA NA RIBEIRA BRAVA


Realizou-se no passado dia 6 de janeiro pelas 14h30m, na Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, uma sessão de divulgação sobre o Programa de Estágios na Europa – EURODISSEIA. 
Esta atividade foi organizada através de uma parceria entre o Polo de Emprego da Câmara Municipal da Ribeira Brava e a Direção Regional da Juventude e Desporto com a colaboração do Polo de Emprego da Casa do Povo do Campanário e da referida escola.
Este programa permite aos jovens entre os 18 e 30 anos com 12º ano nível IV ou formação superior efectuar estágios apoiados na Europa.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

DIA DO ORIENTADOR - ISAL


TROCA DE EXPERIÊNCIAS EM CULINÁRIA: "AREPAS"


Dia 28 de dezembro, o Polo de Emprego da AMI finalizou a última de três trocas de experiências na área da culinária. Desta vez, a viagem foi até à Venezuela, na qual a candidata do Polo de Emprego é oriunda e quis partilhar um prato típico confecionado ao longo do ano na cozinha venezuelana e que, também já chegou à cozinha Portuguesa pelos emigrantes.

Vantagens para confecionar arepas não faltam. É uma refeição prática, rápida de confecionar e de baixo preço. Para além disso, poderá aproveitas as sobras de comida para preparar um delicioso recheio que poderá ser de peixe ou de carne.

Foi assim a oportunidade concedida à candidata, valorizando-a e destacando-a numa área que aprecia, através da partilha dos seus conhecimentos.

CO-FINANCIAMENTO POLOS DE EMPREGO